Pertencente ao Grupo Familiar Cavalcanti Petribú, a São José Agroindustrial produz açúcar refinado e VHP, álcool e energia elétrica. Com foco no mercado corporativo de alimentos e bebidas, se especializou na gestão da qualidade e foco no cliente, alcançando a certificação FSSC 22000 em Abril de 2014 pela certificadora Bureau Veritas.

img

Histórico

Desde 1700 a família cultiva cana-de-açúcar nas terras do Engenho Petribú, no afluente do Rio Capibaribe situado na Mata Norte, o Riacho Petribú que, no tupi-guarani, quer dizer ‘afluente de águas claras’.

Engenho que João Cavalcanti de Albuquerque em 1895, então com 16 anos, assumiu com o falecimento do pai em partilha e cessão de sua mãe. No início do século XIX, João resolve implantar a moenda e a caldeira à vapor, que até então era movida à tração animal. Uma curiosidade para demonstrar a força e a perspicácia de João como empreendedor.

Ao consultar os engenheiros sobre a execução de uma ferrovia para levar os equipamentos ao engenho, estes de pronto informaram da impossibilidade devido ao relevo da região. Obstinado, aprendeu a trabalhar com o teodolito e, com uma equipe, foi à campo e viabilizou a ferrovia, criando inclusive uma passagem sobre o Rio Capibaribe.

Em 1909 João Cavalcanti de Albuquerque troca seu fidalgo sobrenome pelo nome da terra e vai ao cartório, substituindo-o por Petribú, o que demonstra sua forte ligação com a terra.

Em 1929, com a queda nas cotações internacionais do açúcar, crash da Bolsa de Nova York, João foi obrigada a plantar mandioca para subsistência da família.

Em 1932 sofre uma paralisia cerebral, vindo a falecer no ano seguinte. Com destaque para Paulo Petribú, caçula de 17 irmãos, então com 15 anos, perde o pai e a empresa passa à ser dirigida por seus irmãos.

Nos anos seguintes, Paulo já com seu engenho, era fornecedor de cana e se casa com Helena Correia de Araújo e em 1952 assume a Usina Petribú em meio à grandes dificuldades financeiras. Porém, com muito afinco, dedicação, perseverança e valorização do ser humano, transformou uma Usina de pequeno porte em uma Usina moderna e pujante. Produzindo 1 milhão de sacos em 1977. Com foco na responsabilidade social, o casal realizou um trabalho primoroso, trabalho este reconhecido por Gilberto Freire, em visita à Usina em 1984.

Além disso, outros negócios foram adquiridos, como: fábrica de ração animal, pecuária, produção de aves, hotel de luxo, o Sheraton e terras próprias.